segunda-feira, 17 de agosto de 2015

Artigos - TEAs



Protocolo de Avaliação de Crianças com Autismo: Evidências de Validade de Critério



EFEITOS DA ATIVIDADE FÍSICA ADAPTADA NO PERFIL PSICOMOTOR DE UMA CRIANÇA COM ESPETRO DE AUTISMO

Helena Mesquita, João Serrano, João Petrica, Marco Batista, Diogo Almeida

Resumen


Sabendo que a psicomotricidade engloba o movimento do corpo, a relação com o meio e a capacidade psíquica, a interação destes elementos leva a que a atividade física seja sentida e vivida de um modo rico e saudável para a mente e corpo de uma criança. A psicomotricidade pretende usar o corpo como instrumento de ação sobre o mundo e de relação e expressão com os outros (Fonseca, 2001).
A criança com perturbação do espetro do autismo (PEA) tem caraterísticas únicas de um ser capaz de uma inteligência diferente de outras crianças, tendo dificuldades na relação com meio, dificuldades em se exprimir (falando pouco, ou por gestos, ou não comunicando de maneira alguma) e ainda dificuldades na imaginação e de criar jogos ou diversões, seja sozinho ou acompanhado. Estas dificuldades atrasam o relacionamento com os outros e o seu desenvolvimento (Leboyer, 1985; Benenzon, 1987). A ação da psicomotricidade é indispensável para um trabalho educativo que promova um melhor desenvolvimento das potencialidades destas crianças, levando a que estas criem e descubram um mundo á sua volta.
Objetivo: Avaliar se a criança com espetro do autismo, após um plano de atividades adaptadas, melhora ou não o seu perfil psicomotor. 


A utilização de aplicações em Ipad para a estimulação da linguagem e da comunicação em crianças com perturbação do espectro do autismo

Catarina de Sousa Lima de Faria e Maya, Cláudia Bandeira de Lima




Nenhum comentário:

Postar um comentário