sexta-feira, 26 de setembro de 2014

Professor da USP recebe premiação de cidade espanhola por estudos em epilepsia



Da Agência USP de Notícias
O professor de neurofisiologia Norberto Garcia-Cairasco, do Departamento de Fisiologia da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) da USP, acaba de receber da prefeitura da cidade de Salamanca, Espanha, o título de Huésped Dintinguido, um reconhecimento máximo pelos avanços alcançados nos estudos na epilepsia, que Garcia-Cairasco desenvolve em convênio com a Universidade de Salamanca.
A solenidade foi realizada na Câmara Municipal de Salamanca, na presença da vice-prefeita da cidade, Cristina Klimowitz, no último dia do congresso Audiogenic Epilepsy:from Models to the Clinic, em 12 de setembro. Depois de muitos anos de trabalho conjunto, investigando os circuitos cerebrais envolvidos nas crises epilépticas, os pesquisadores da USP e da Universidade de Salamanca comemoram importantes avanços e esperam resultados ainda mais animadores com os estudos atuais envolvendo animais geneticamente predispostos à doença.
Garcia-Cairasco ressalta que hoje “não se pode estudar a epilepsia como um evento isolado, mas como um fenômeno que afeta diversos outros, como os ligados às emoções e à memória”. As epilepsias familiares, continua o pesquisador, são determinadas por mutações genéticas; outras, são geradas por poligenes, variedades de genes que interagem entre si, e ainda com muitos problemas psiquiátricos como: depressão, ansiedade e pânico e também com o Alzheimer.
Mais informações: (16) 3602-3330, email ngcairas@fmrp.usp.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário