sexta-feira, 5 de setembro de 2014

A inclusão do aluno com perturbações do espetro do autismo na escola regular quatro estudos de caso

Tese de doutoramento de Maria Cristina Neves Machado - Universidade do Minho - Portugal

O tipo de modelo inclusivo e as formas adotadas pelas práticas inclusivas que se 
vêm desenvolvendo na Escola contemporânea revelam ainda uma presença escassa na 
literatura disponível. Da mesma forma, o sucesso da inclusão de um número significativo e 
crescente de alunos diagnosticados com Perturbações do Espetro do Autismo na classe 
regular, com referência ao currículo comum, permanece objeto de análise e discussão junto 
dos diferentes atores no processo. 
“Como se processa a inclusão do aluno com perturbações do espetro do autismo no 
sistema regular de ensino?” e “De que forma e em que medida as práticas inclusivas da 
escola nacional contemporânea se revelam promotoras do sucesso educativo dos alunos 
com perturbações do espetro do autismo?” representam as questões de partida desta 
investigação, que, de acordo com os objetivos formulados, pretende perceber de que forma 
a Inclusão física, social e cognitiva do aluno com PEA na classe regular maximiza as suas 
potencialidades, caraterizar a organização dos apoios especializados disponibilizados ao 
aluno com PEA pelos serviços de Educação Especial, saber como a Unidade de Ensino 
Estruturado favorece o sucesso educativo do aluno com PEA, identificar processos 
desenvolvidos pela Escola na preparação do aluno com PEA para a vida pós-escolar e 
inclusão na comunidade, discutir as práticas inclusivas da Escola nacional contemporânea 
relativamente às concetualizações de Educação Inclusiva com origem na comunidade 
científica.
 (...)

Nenhum comentário:

Postar um comentário