domingo, 24 de novembro de 2013

Cresce o número de diagnósticos de ansiedade e depressão infantil


http://jornal.ofluminense.com.br/editorias/cidades/depressao-infantil-cresce-o-numero-de-diagnosticos-em-idades-entre-6-e-12

23/11/2013

Número de diagnósticos em crianças entre 6 e 12 anos teve elevação, segundo a Organização Mundial da Saúde. Congresso de psiquiatria realizado no Rio será aberto aos pais

O número de diagnósticos de depressão e ansiedade em crianças entre 6 e 12 anos passou de 4,5% para 8%, nos últimos 10 anos, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS). A entidade alerta que 75% dos adultos que apresentam quadro de depressão crônica têm histórico desde o período da infância. Melancolia, enurese (xixi na cama), encoprese (eliminação de fezes involuntária), insônia e pesadelos podem ser indicativos das doenças nos pequenos.

O psiquiatra infantil Fábio Barbirato explica que junto com o autismo e a hiperatividade, a depressão e ansiedade são transtornos psiquiátricos mais comuns na infância e adolescência. O especialista destaca que nem sempre esses males são fáceis de identificar, já que podem ser confundidos com outras doenças e viroses.

Para continuar lendo acesse: http://jornal.ofluminense.com.br/editorias/cidades/depressao-infantil-cresce-o-numero-de-diagnosticos-em-idades-entre-6-e-12 


Nenhum comentário:

Postar um comentário