domingo, 27 de outubro de 2013

Projeto investe em condomínio voltado para adultos autistas




Nos EUA, residência a ser lançada visa inspirar uma "vida com propósito"

http://www.otempo.com.br/interessa/projeto-investe-em-condom%C3%ADnio-voltado-para-adultos-autistas-1.736421

PUBLICADO EM 25/10/13 - 04h00

SONOMA, EUA. Eis uma verdade sobre crianças com autismo: elas crescem e se tornam adultos com autismo. Defensores estimam que ao longo da próxima década, 500 mil desses indivíduos se tornarão adultos nos Estados Unidos.


Ninguém pode afirmar com certeza o que a vida adulta lhes reserva. Para começar, onde eles vão morar e trabalhar? Um estudo de 2008 da Easter Seals descobriu que 79% dos adultos jovens com distúrbios do espectro do autismo continuam a residir com os pais. A maioria deles nunca procurou emprego.

Mesmo assim, a expectativa de vida dos autistas é mais ou menos igual à média. Então, crianças com autismo não podem ficar em casa para sempre.

Essa percepção – tão óbvia quanto preocupante – despertou recentemente uma reação de pesquisadores, arquitetos e, especialmente, dos pais. Em 2009, duas acadêmicas, Kim Steele e Sherry Ahrentzen, colaboraram em "Propostas de habitação para todo o espectro", diretriz abrangente para projetar casas para adultos autistas; um livro mais detalhado sobre o tema deve ser lançado no ano que vem. continue lendo: http://www.otempo.com.br/interessa/projeto-investe-em-condom%C3%ADnio-voltado-para-adultos-autistas-1.736421


Nenhum comentário:

Postar um comentário